domingo, 14 de maio de 2017

Uma outra visão nos transportes coletivos de Cotia e Região.

Nós moradores de Cotia podemos observar que a empresa Intervias Raposo Tavares,vêm renovando toda a frota das linhas 18 intermunicipais na região.



Os novos ônibus fazem parte da renovação das frotas, todos com acessibilidade para portadores de deficiência física cadeirantes, letreiro LED lateral, motores menos barulhentos.

Mesmo com renovação das frotas por ônibus novos, a empresa não criou sequer uma nova linha intermunicipal entre Cotia e outros bairros ou cidades.

Transporte Municipal de Cotia 
Embora a passagem seja um pouco acessível, os passageiros precisam é de ônibus com menores intervalos, e que atenda outros bairros bem como novas linhas.
Quando a passagem Cotia Caucaia do Alto, ainda parece uma promessa de campanha que não foi cumprida, pela gestão municipal.Daí a pergunta que fica, abaixa ou não, se abaixa porque ainda não abaixaram como prometeram?.
O transporte coletivo vêm apresentando algumas melhorias, mais ainda a passos bem vagarosos, já vimos a substituição de alguns carros,bem como até com acessibilidade.

Agora que a Licitação saiu e novamente a Viação Raposo Tavares( Danúbio Azul) ganhou a licitação, esperasse que melhorem a qualidade de serviços, novos carros, novas linhas municipais, e menores intervalos e mais horários, garantindo assim a satisfação dos usuários.

Superlotações: 
Os passageiros continuam se deslocando em ônibus superlotados,por causa da alta demanda dos novos passageiros que trabalham nas intermediações da Rodovia Raposo Tavares e em São Paulo.
A EMTU/SP, por sua vez poderia gerenciar melhor o transporte coletivo intermunicipais, pois se a Mobilidade Urbana pelo menos existisse na EMTU, os passageiros teriam o direito de ir e vim com dignidade, respeito, e segurança.

Em Cotia vimos a empresa Intervias Raposo Tavares, diminuir a velocidade dos ônibus de 80 para 60 km hrs, isso ocorreu depois de alguns acidentes gravíssimo em uma de suas linhas, assim também seguiram as outras empresas da região. E a pergunta que deixo é "Acidentes pode ou não acontecer a qualquer momento, mesmo com velocidade reduzida?.(Deixe sua resposta em nossos comentários).
Se a empresa visar em melhorias de criação de novas linhas metropolitanas intermunicipais as superlotações diminuem, e novos investimentos podem ser feitos, pois a cada multa paga para o Governo do Estado de São Paulo, através da EMTU/SP ( Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), vinculada a Secretaria de Transportes Metropolitanos (STM), poderia também investir nos funcionários, com cursos de qualificações, novos motoristas e cobradores, pesquisas entre outras cousas as quais a empresa se destacaria sua performance. 

Vejam as linhas sugeridas e rejeitadas:  

Em 23/01/2012, encaminhei sugestão de criação de linhas de ônibus intermunicipais para a EMTU/SP.
Sendo  sugerida as seguintes linhas de ônibus a serem criadas. 
1- Itapevi - Carrefour
2- Granja Viana Cotia -Vargem Grande
3- Jardim Sandra -Pinheiros
A sugestão foi encaminhada pela Ouvidoria da EMTU/SP em 23/01/2012, onde recebeu o protocolo de nº173.783.
A resposta foi dada em 04/02/2012 pela própria EMTU/SP, onde diz que não há oportunidade de atendimento a população.
Em 07/12/2011, solicitei a sugestão de  criações de Linha Intermunicipais entre Cotia / Osasco  e Cotia Alphaville (Tamboré), encaminhei sugestão a EMTU( Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), sobre protocolo 16.9173 de 07/12/2011 . 

Emtu/SP rejeita criação de linha intermunicipal ligando Terminal Cotia à Rodoviária doTiête.

 Nº  TIPO  ASSUNTO  11828/2012  Sugestão  Criação de linha .

Veja também algumas outras linhas sugeridas:

A EMTU/SP, nem se quer acatou a sugestão para que a linha 801 Cotia - Itaim-BiBi funcionasse nos finais de semana . 
EMTU/SP deixa a desejar nas regiões metropolitanas, pois mesmo com as fiscalizações ainda há outras necessidades como essas apresentadas, pois muitas das vezes é preciso uma nova linha metropolitana e não é criada simplismente por uma resposta de pouco interesse de que não há demanda, se não houvesse demanda as linhas não andavam superlotadas!.
Embora a empresa renove as frotas é preciso maior cumprimento de horários, e mais ônibus principalmente nos horários de picos manhã e tarde.A empresa também precisa investir em ônibus maiores com mais lugares.

Se tratando de transporte na região  ainda temos as cidades Itapevi,Jandira,Baruerí,Carapicuíba,Osasco que possuem um transporte um pouco melhor.
Carapicuíba há duas empresas DEL REY ETT-Carapicuíba,ambas fazem o transporte municipal e intermunicipal.
Já a cidade de Osasco, bem melhor servida pela Viação Osasco e Urubupungá.Bem sabemos que a Viação Osasco também opera na aréa 2,ainda com muitas coisas a se melhorar, mas já com um grande passo na frente de todas as empresas da região.

BBTT-Benfica, servindo Itapevi,Jandira,Baruerí,Araçariguama e outras cidades, em uma área municipal e servindo o transporte intermunicipal,na área 2. Em algumas linhas tem até Scanea carros bem maiores, mais pouco ainda por se tratar em transportes coletivos, pois a população quer horários e linhas disponíveis.

O conceito Consórcio no transporte coletivos, enfraqueceu a modalidade da concorrência.Cada uma cuida do seu e pronto. E o Consórcio responde por todas. 

Pontos críticos: 

O cumprimento dos horários não é função nada fácil, pois em meios de tantos carros, trânsitos, acidentes a qualquer horários, as programações ficam prejudicadas, pois afetam o transporte coletivos e cumprimentos de horários.
Ai tá a questão da Mobilidade Urbana nos Transportes Coletivos, faixas exclusivas, corredores de ônibus, baias, pontos de ônibus com coberturas para os passageiros, e informações nos pontos para os passageiros saberem as ocorrências do trânsitos dos itinerários.
Ainda falta muito para melhorar o transporte coletivos.
Mas por pior que seja o nosso transporte, ainda temos uma área 5 (ABC) que nem licitação têm, imagina um local onde não se respeita, horários, e os coletivos já são todos ultrapassados na idade Média.
Uma sensação é que temos é que o Governo de São Paulo fechou os olhos para o transportes coletivos sobre pneus naquela área 5
.

Futuro:

Foto de: CLÓVIS CL
Esperança é a ultima que morre, ouvimos especulações da linha 22 do Metrô, ligando Metrô Butantã até Caucaia do Alto em Cotia.
Um possível BRT, em plena Rodovia Raposo Tavares?. "É possível, basta interesse politico com a sociedade".Bom o Governo de São Paulo descartou essa linha de VLT,dizendo que não dinheiro no caixa, ou por pura falta de interesse simples, ainda bem que nem começou pois se não iriamos ter um Elefante Branco em plena Rodovia Raposo Tavares, assim como está acontecendo em outras regiões de São Paulo, corredores de ônibus com obras atrasadas, (exemplo;  Corredor Itapevi - Butantã) entre outras obras que estão andando a passos de tartarugas, e outras que não se irá sair do papel.

Ônibus maiores ?. Sim! basta o empresário querer investir, mas para isso também é preciso que o Governo do Estado de-lhe caminhos ou seja , BRT, Faixas Exclusivas,entre outros que garanta agilidade e rapidez nas viagens.

Enfim, o transporte coletivo é uma engrenagem, que sem investimentos não à faz funcionar.








Deixem seus comentários aqui.

Por: Carlinhos Aniceto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EMTU: Linha 414 Cotia-Alphaville, terá redução de horários

Nesta semana passageiros da linha  414 TRO Cotia (Atalaia)/Barueri (Alphaville 2) da  EMTU  – Empresa Metropolitana de Transportes...

Postagens mais visitadas